Cirurgia de sopro no coração em bebê: saiba mais sobre procedimento

É bem provável que você já tenha ouvido falar sobre sopro no coração. No entanto, você sabe como é feita a cirurgia de sopro no coração em bebê? Mesmo que você não saiba, esse problema em bebês é mais comum do que você imagina. Quer saber mais sobre esse assunto? Então não deixe de conferir essa matéria até o final.

Será que a cirurgia de sopro no coração em bebê é mesmo necessária? Esse tipo de intervenção não pode aguardar até o bebê chegar a uma certa idade? Todo mundo sabe que o coração é uma parte muito sensível e, submeter um ser tão inofensivo a esse tipo de procedimento pode causar certos questionamentos. Mas, no post de hoje, você vai saber mais sobre esse assunto.

O que é sopro no coração?

O termo “sopro” no coração é muito comum, mas você sabe o que exatamente isso quer dizer? Será mesmo que a cirurgia de sopro no coração em bebê é tão sensível quanto você imagina ser?

Na verdade, o sopro nada mais é que uma alteração cardíaca, onde ocorre um som extra durante o batimento cardíaco. Não é à toa que muitos médicos conseguem identificar esse sopro apenas ao ouvir o coração de um paciente.

Esse som extra, geralmente, quer dizer que há uma turbulência na passagem do sangue. No entanto, não significa que há alguma doença no coração. Se for esse o caso, a medicina chama de “sopro cardíaco inocente”.

É verdade que o termo pode assustar bastante, e isso ocorre em especial por conta de influências televisivas. Contudo, na grande maioria dos casos, trata-se de uma questão bem inofensiva. Quer dizer então que a cirurgia de sopro no coração em bebê não é cogitada? Vamos falar sobre isso abaixo.

Sopro no coração é sempre inofensivo?

Não. Na verdade, há alguns casos sim em que o sopro no coração pode ser um problema um pouco mais grave. Então, respondendo à pergunta anterior, a cirurgia de sopro no coração em bebê é sim uma opção, mas apenas quando for constatado ser algo não inocente.

O sopro pode indicar defeito nas valvas cardíacas, nos músculos ou uma doença que altera a velocidade do fluxo sanguíneo. Dentre algumas dessas doenças, as mais comuns são:

  • Febre reumática;
  • Anemia;
  • Prolapso de valva mitral;
  • Doenças congênitas.

Quando se nota que é algo mais grave, indica-se o uso de remédios. Mas, de acordo com a orientação de um cardiologista, a cirurgia de sopro no coração em bebê pode sim ser uma das opções.

Quais são os sintomas de sopro no coração?

Na maioria das vezes, não é comum que o sopro no coração acometa alguns sintomas. No entanto, quando eles aparecem, fique calmo, pois não é nenhum agravamento do problema. Não é algo muito grave, por si só.

Contudo, quando o sopro no coração é decorrente de alguma doença que provoca uma limitação no coração, pode ser sim que alguns sintomas ocorram. Dentre eles, os principais que podemos citar são:

  • Falta de ar;
  • Fraqueza;
  • Suor excessivo;
  • Inchaço;
  • Tonturas;
  • Desmaios;
  • Dor no peito etc.

Contudo, nas crianças e bebês, é bem comum notar certa dificuldade na hora de amamentar. Ademais, os bebês podem apresentar mãos e boca arroxeadas, perda de peso, desenvolvimento atrasado ou dificuldade para ganhar peso.

Como é feito o diagnóstico de sopro no coração em bebê?

Antes de recorrer a cirurgia de sopro no coração em bebê, o médico precisa dar um diagnóstico. Mas, em bebês, como isso é feito? Para tal, é preciso que um pediatra ou cardiologista consulte a criança e realize a ausculta cardíaca.

Ou seja, através de um estetoscópio posicionado no coração do bebê, o médico escuta a frequência cardíaca do paciente. Caso ele note algum “som extra”, o sopro cardíaco é a primeira hipótese.

No entanto, o médico irá recomendar alguns exames, para poder avaliar a situação completa e até mesmo saber se é um sopro inocente ou um pouco mais grave, que exija a cirurgia de sopro no coração em bebê.

A cirurgia de sopro no coração em bebê é comum?

Não muito. De acordo com alguns dados, de 30% a 50% das crianças apresentam o sopro inocente, onde não é necessário a cirurgia de sopro no coração em bebê. Nesses casos, o coração funciona normalmente.

Ou seja, trata-se de uma situação benigna, em que a pessoa pode viver de forma tranquila sem apresentar quaisquer problemas para a saúde.

Além disso, em crianças e bebês, é comum que esse sopro dure alguns meses ou anos, até que ele se resolva de forma natural. E isso acontece porque, em tenra idade, as estruturas do coração ainda estão se desenvolvendo.

Então, em todos os casos, é preciso de acompanhamento, mas nem sempre é porque se cogita fazer uma cirurgia, mas sim apenas para acompanhar o desenvolvimento.

Como é feita a cirurgia de sopro no coração em bebê?

No caso de bebês, o tipo de cirurgia vai ser decidida pelo cardiologista e pelo cirurgião. Esse consenso é importante para optar pela melhor cirurgia.

Mas, em caso de bebês ou crianças, muitas das vezes se escolhe um tratamento com remédios, a fim de melhorar o quadro e controlar os sintomas. Feito isso, os médicos podem optar por uma das seguintes cirurgias:

Insuficiência da valva: ocorre em casos de prolapso da valva mitral ou insuficiência das outras valvas. Nesse caso, pode ser feita uma cirurgia para corrigir ou trocar a valva por uma artificial.

Estreitamento da valva cardíaca: quando o sopro é decorrente de doenças como estenose mitral, aórtica, pulmonar ou tricúspide. Nesse caso, pode ser feita uma dilatação por balão, através de um cateter ou por cirurgia. Em alguns casos, é feita a troca por válvula artificial.

Cardiopatia congênita: é a cirurgia de sopro no coração em bebê que mais se faz, com comunicação interatrial, interventricular, persistência do canal arterial grave ou tetralogia de Fallot.

Além do mais, na grande maioria dos casos, apenas um procedimento é o suficiente para melhorar o sopro no coração. Mas, caso seja algo mais grave, pode ser necessário mais de uma cirurgia.

Dito isso, que tal transformar seu tempo livre em uma oportunidade para conhecer um pouco mais sobre a cirurgia cardíaca? Existem muitos filmes e documentários que abordam o tema e você pode assisti-los no  Cine Vision.